CGE RJ realiza ação da Ouvidoria Itinerante na Tijuca

A Controladoria Geral do Estado (CGE RJ), em parceria com o Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Rio de Janeiro (Creci-RJ), realizou, nesta quinta-feira (29/08), mais uma edição do projeto Ouvidoria Itinerante. No ação, realizada das 10h às 15h, na Praça Sãens Pena, ouvidores estaduais de diferentes órgãos do estado atenderam a população.

– A iniciativa é uma importante ferramenta para difundir os direitos do cidadão, incentivar a cidadania e expandir o controle social. Nosso projeto é levar a ação para outros bairros e municípios do Rio, como a Baixada Fluminense -, garantiu o ouvidor-geral do Estado, Magno Tarcísio de Sá.

No evento, a população pôde registrar reclamações, sugestões, solicitações, denúncias ou elogios relacionando ao Governo do Estado. AO aposentado Ricardo José da Silva, de 69 anos, morador do Maracanã que foi ao local fazer uma solicitação junto à Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae), aprovou a iniciativa.

– Fique positivamente impressionado com o atendimento e espero que, após registrar a minha situação na ouvidoria, consiga uma solução -, contou.

Além de tirar dúvidas e esclarecer eventuais demandas relacionadas aos serviços, a população também pôde solicitar a segunda da vida de documentos, como identidade e certidão de casamento.

– Estava para tirar minha nova identidade há tempos, mas acaba deixando mais para frente. Hoje conseguir fazer e foi muito prático. Espero o projeto aconteça mais vezes, vai poder ajudar muitas pessoas -, disse Rita Ferreira Barros, de 67 anos.

Participantes

Na quarta edição do evento, que já foi realizado na Central do Brasil, no Largo da Carioca e em Ipanema, os seguintes órgãos estiveram  presentes: Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), Operação Segurança Presente, Secretaria de Estado de Saúde, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj), Agência Reguladora de Serviços Públicos Concedidos de Transportes Aquaviários, Ferroviários e Metroviários e de Rodovias do Estado do Rio de Janeiro (Agetransp), Conselho Regional de Contabilidade do Rio de Janeiro (CRCRJ), Central Estadual de Abastecimento (Ceasa) e Prefeitura do Rio de Janeiro, por meio da Superintendência da Grande Tijuca e da Comlurb, Secretaria de Estado de Saúde, Detran RJ e Fundação Leão XIII.