CRISE NA SAÚDE: PREJUÍZO PODE PASSAR DE 1 BILHÃO DE REAIS Balanço Geral RJ (RecordTV) Um...

Publicado por ASCOM
29 de junho de 2020 às 14:17

CRISE NA SAÚDE: PREJUÍZO PODE PASSAR DE 1 BILHÃO DE REAIS

Balanço Geral RJ (RecordTV)

Um relatório da Controladoria Geral do Estado apontou contratos superfaturados, hospitais de campanha atrasados na gestão de Wilson Witzel e um prejuízo que pode passar de R$1 bilhão na saúde do Rio nos últimos oito anos. O documento lista 45 irregularidades na SES. Os relatores afirmam que não houve por parte do Estado qualquer acompanhamento dos custos que seriam entregues nas obras. O Controlador Geral do Estado do RJ, Hormindo Bicudo Neto afirmou que o custo estava exagerado e que já conseguiram reduzir o valor do contrato. A Controladoria realizou uma pesquisa de mercado, que mostrou fornecedores com preços muito mais baratos do que o oferecido. O documento revelou que o Governo do Estado ficou dependente da eficiência ou não da O.S Iabas, já que seria responsável pela instalação de 1.400 leitos. Segundo o MP, a empresa tem fortes ligações com Mário Peixoto, preso na operação Favorito. A Comissão Especial de Fiscalização dos gastos da Saúde da Alerj convidou virtualmente o ex-Secretário de Saúde, Edmar Santos para ser ouvido, mas ele não participou da reunião.

Balanço Geral RJ – Jornalismo e prestação de serviço – Record TV