COSCIERJ

     O Conselho Superior do Controle Interno do Estado do Rio de Janeiro – COSCIERJ, foi criado pela Lei n° 7.989/2014, integrado por 5 (cinco) membros natos, e 5 (cinco) membros eleitos, sendo:

I – membros natos:

a) o Controlador-Geral do Estado;

b) o Subcontrolador-Geral do Estado;

c) o Auditor-Geral do Estado;

d) o Corregedor-Geral do Estado;

e) o Ouvidor-Geral do Estado.

II – membros eleitos: 5 (cinco) servidores da carreira de Controle Interno de nível superior em efetivo exercício e lotados na Controladoria Geral do Estado, eleitos, na forma do regulamento, pelos próprios servidores, por voto direto, secreto e periódico, nomeados por ato do Governador do Estado.

São competências do COSCIERJ:

I – estabelecer diretrizes gerais de atuação da CGE;

II – analisar e opinar, sobre divergências de entendimentos técnicos no âmbito da CGE, ou sempre que houver divergência de posicionamentos, em matérias relacionadas às funções do SICIERJ;

III – avaliar anualmente o desempenho da CGE;

IV – sugerir procedimentos que promovam o aperfeiçoamento e a integração das ações de incremento da transparência e de combate à corrupção e à impunidade;

V – propor estudos e estratégias que fundamentem propostas legislativas e administrativas tendentes a maximizar as macrofunções listadas no art. 6º, desta Lei;

VI – opinar em assuntos que lhe venham a ser submetidos pela CGE, cuja relevância demande maior acuidade deliberativa;

VII – elaborar o seu regimento interno;

VIII – aprovar a política e as diretrizes do SICIERJ, incluindo as macrofunções listadas no art. 6º, desta lei;

IX – propor, analisar, deliberar e opinar acerca de matérias que visem à fixação de orientação técnica sobre o controle interno do Poder Executivo do Estado do Rio de Janeiro, sejam de natureza operacional ou relacionadas à atividade meio, para a Administração Pública Estadual Direta e Indireta;

X – propor ao Controlador-Geral projetos ou atividades a serem implementadas na CGE;

XI – participar da organização de concurso público para ingresso nas carreiras de Controle Interno;

XII – analisar e pronunciar-se sobre os planos de educação continuada e de qualificação profissional dos servidores das carreiras de Controle Interno;

XIII – estabelecer diretrizes, mediante plano estratégico, e aprovar o plano de aplicação dos recursos do FACI-RJ;

XIV – aprovar o Regimento Interno do FACI-RJ e suas eventuais modificações;

XV – pronunciar-se sobre qualquer matéria que lhe seja encaminhada pelo Controlador-Geral do Estado;

XVI – deliberar sobre matéria ou questão proposta por seus membros.

Processo Eleitoral 

Resolução n° 006/2018 DISPÕE SOBRE O PROCESSO ELEITORAL PARA COMPOR O CONSELHO SUPERIOR DO CONTROLE INTERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO – COSCIERJ DA CONTROLADORIA GERAL DO ESTADO.
Decreto de 29/04/2019 DISPÕE SOBRE OS MEMBROS ELEITOS E SUPLENTES DO CONSELHO SUPERIOR DO CONTROLE INTERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DA CONTROLADORIA GERAL DO ESTADO.

 

Composição do Conselho Superior do Controle Interno do Estado do Rio de Janeiro
COSCIERJ

2018 – 2021
Membros Natos

Dr. Francisco Ricardo Soares
Controlador-Geral do Estado

 

Ademir Rodrigues César
Subcontrolador-Geral do Estado

Aureny Martins de Carvalho
Auditora-Geral do Estado

Eduardo Sérgio da Costa
Corregedor-Geral do Estado

Rosângela Dias Marinho
Ouvidora-Geral do Estado

Membros eleitos
Guilherme Silva Andrada   
Cristina Helena Marcelino 
Carlos Henrique Sodré Coutinho
José Vinicius Mello Coutinho
Rodrigo Xavier dos Santos Pinto

Membros suplentes
Luiz Ricardo Calixto                               
Eliane Moraes Magalhães                 
Silvia Martuscelli da Camara                               
Raphael Zuza Nieto