Integridade Pública

 

  A corrupção apresenta-se como fenômeno multifacetado e recorrente, com inegáveis prejuízos à sociedade e à administração pública, o que evidencia a necessidade de que sejam adotadas medidas eficientes e eficazes para a redução desse ilícito.

  Desse modo, a Controladoria-Geral do Estado do Rio de Janeiro vem trabalhando no estabelecimento de diretrizes e estratégias, não apenas de combate à corrupção, mas também de prevenção à prática dos atos de corrupção, consoante o estabelecido pelo o artigo 8º, inciso XVI da Lei nº 7.989, de 14 de junho de 2018.

  Nesse sentido, a promoção da integridade e da ética do servidor público representa ferramenta de prevenção à corrupção e afigura-se indispensável à melhoria da eficiência e do ambiente ético do serviço público como um todo, além de resultar em um cenário de bem-estar para toda a sociedade.

 

 

                 

Conheça os procedimentos a serem adotados no âmbito da Administração Direta, Autárquica e Fundacional

 

Confira aqui as regras que dispõem sobre o Nepotismo

 

        

Saiba quais são as situações que configuram conflito de interesses